3 Alimentos que não são Bons Para sua Vida Sexual

Existem vários alimentos que não são bons para a sua vida sexual. Eles podem afetar o funcionamento normal dos sistemas de produção de hormônios , o que afeta a libido e a qualidade dos relacionamentos.

É importante que você saiba o que são esses alimentos para que você os retire da dieta habitual ou modere seu consumo. A seguir, apresentaremos os 3 mais relevantes, mas existem mais.

E se você deseja ter resultados mais rápidos, existe o estimulante pau de cavalo que é um produto natural para melhorar o desempenho sexual e a qualidade das ereções.

3 Alimentos a evitar para uma boa saúde sexual

Vamos nos concentrar, portanto, nos 3 alimentos que você não deve consumir regularmente. Não apenas afetam negativamente a vida sexual, mas também representam um risco para a saúde geral.

Portanto, as recomendações que vamos dar aqui vão além do que é específico relacionado à sexualidade . A incorporação dessas diretrizes melhorará outros sistemas do corpo, como os sistemas cardiovascular, respiratório e digestivo.

1. Álcool

Até um alguns anos atrás , ele recomenda o consumo de certas bebidas alcoólicas, como o vinho, por causa de sua suposta capacidade para reduzir a incidência de doença cardiovascular. Atualmente, essa teoria está descartada e retrógrada.

É sabido que o álcool é uma substância tóxica capaz de causar problemas em muitos sistemas do corpo. De acordo com uma pesquisa publicada na revista Nature Reviews, Disease Primers, o consumo de bebidas alcoólicas está intimamente relacionado ao desenvolvimento de problemas hepáticos, como fígado gorduroso.

Paralelamente, o álcool é uma substância capaz de influenciar a produção hormonal , que afeta a vida sexual. Nos homens, a ingestão de bebidas dessa classe é capaz de reduzir a gênese da testosterona, o que afeta negativamente a libido.

Os especialistas recomendam não consumir álcool regularmente para evitar problemas, como a disfunção erétil. A disfunção erétil pode melhorar quando certos cuidados são tomados ao preparar a dieta.

Pesquisas recentes mostraram que a ingestão dessa substância afeta diretamente os corpos cavernosos do pênis. Essas estruturas anatômicas se enchem de sangue para manter a ereção, de modo que sua alteração leva a problemas de ereção.

No entanto, nas mulheres o efeito é ligeiramente diferente, pois o álcool aumenta a produção de estrogênios. A libido pode ser aumentada após o consumo moderado de bebidas alcoólicas. Isso não significa que neles não seja uma substância nociva à saúde.

2. Fast food

A comida rápida e ultraprocesada caracteriza-se por conter em sua composição ácidos graxos com natureza transinflamatória. Esses nutrientes comprometem o bom funcionamento do corpo humano  e são capazes de influenciar a produção hormonal.

Seu consumo regular está associado a um quadro de sobrepeso que pode gerar um estado de cansaço crônico e fadiga. Para desfrutar de uma boa vida sexual é importante estar em um estado de composição corporal saudável, caso contrário o humor pode diminuir e, com ele, o apetite.

A inclusão de alimentos ricos em gorduras trans, como fast food, na dieta regular aumenta o risco de excesso de peso e aumenta o acúmulo de gordura subcutânea . Além disso, esse hábito alimentar influencia negativamente a incidência de muitas doenças crônicas, de acordo com pesquisas publicadas no The American Journal of Clinical Nutrition .

3. Os doces

Os alimentos doces são caracterizados pelo seu teor de açúcar. Este ingrediente é capaz de influenciar a saúde metabólica, o que condiciona o ganho de peso da gordura.

A inclusão desses produtos na dieta habitual aumenta a prevalência de excesso de peso, que tem influência significativa no sistema hormonal e na sensação de cansaço e fadiga. Como as gorduras trans, os efeitos são secundários ao acúmulo de tecido adiposo extra.

Por esse motivo, o consumo frequente de doces não é recomendado se o objetivo for manter uma boa saúde sexual. Na verdade, é preferível priorizar a ingestão de alimentos frescos aos ultraprocessados, além da prática regular de exercícios físicos para reduzir o risco de obesidade.

Evite alimentos que não são bons para sua vida sexual

Como vimos, existem certos alimentos que não são bons para sua vida sexual. Incluí-los com freqüência na dieta pode colocar em risco a capacidade de ereção e também a saúde geral contra patologias crônicas e complexas.

O objetivo de uma alimentação balanceada e variada é melhorar o estado completo das pessoas. Para isso, devemos priorizar o consumo de alimentos in natura e reduzir o consumo de substâncias tóxicas, ultraprocessados ​​e alimentos doces com teor excessivo de açúcar.

Às vezes você pode se dar ao luxo, mas tente não fazer disso uma regra que prejudique o corpo. Se notar que sua libido está diminuindo, tente modificar seus padrões de consumo de álcool para estimular sua vida sexual. Se o problema persistir, consulte um sexólogo.